quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Os internacionais

Fui confrontado recentemente pelo facto do SLB não ter colocado nenhum jogador no 11 inicial da selecção nacional. Tive na altura oportunidade de ripostar que tal não era verdade. Agora debruçar-me-ei melhor sobre este(s) facto(s).

O Carlos Martins, se bem me lembro, foi sempre titular com Paulo Bento. Apesar de estar no Granada, é preciso lembrar que está apenas "emprestado", encontrando-se por isso, contratualmente ligado ao Benfica.

Ainda na selecção Portuguesa, temos o caso do Ruben Amorim, chamado para os últimos jogos da equipa das Quinas.

Mas tirando estes 2 casos, a verdade é que não temos mais ninguém na selecção portuguesa. mas até isso tem uma explicação lógica e, simples.

Não temos lugar na equipa para os "internacionais portugueses". Num Benfica recheado de internacionais argentinos e brasileiros, acabam por sobrar poucas vagas para os portugueses que qualidade duvidosa. E os melhores, já andam em mercados proibidos para o nosso bolso.

Ainda podemos contar com internacionais uruguaios, paraguaios e belgas, entre outros. Isto para não falar dos internacionais sub21.

Mas neste blog, a pergunta que se tem de fazer é:

- Preferiam na vossa equipa, Rui Patrício e João Pereira, ou antes, o Artur e o Maximiliano Pereira?

2 comentários:

Vítor Marcelino disse...

Tas desviado do assunto...mas deixo que te respondam a isso...porque daqui a dias tem mais estrangeiros na selecção do que portugueses de raiz.

Bettencourt disse...

Nao se comenta aqui. Comenta-se é no Facebook.

E ainda faltou falar no guarda redes suplente do banhoca que tb foi convocado.