terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

WTF

Acabei de ver a falta que o Aimar fez dentro da área da académica e, percebi logo porque os sportinguistas não me infestaram o facebook.

Nilson

Mas este grandessissimo filho de uma P&#a só defende bem contra o Benfica?

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Uma coisa é certa!


Nem o benfica perdeu o campeonato no último jogo e nem o porto conquistou o campeonato contra o Feirense. Mas certo é que a coisa ficou ainda mais acesa com a vitória do Sporting Clube de Braga hoje. Está um campeonato ao rubro, e já no próximo fim-de-semana se vai disputar a liderança do campeonato.

Infelizmente não pude ver o jogo do meu Sporting Clube de Portugal, pois estava em viagem, mas valeu os três pontos. O que interessa é não desistir e tentar alcançar sempre a vitória...mesmo com um Polga comprometedor na equipa.
Fica aqui portanto um dos melhores golos da jornada.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Árbitros de "plasticina"

Acabei de ver um árbitro da nossa liga, a marcar uma mão qdo não era, e depois, não contente com a falha técnica, falha do ponto de vista disciplinar, se considera mão, tem de ser vermelho.

Gosto do Sá Pinto

Não é difícil gostar dele, feitas as contas esmurrou o Artur Jorge, que por sua vez já havia esmurrado o Benfica.

Gostava que tivesse sorte como treinador.

Ver apenas Jorge Costa, Domingos, Vilas Boas, Sérgio Conceição, Fernando Couto, entre outros a tentar vingar neste mundo, deixa-me um amargo de boca. Eles, excepto o Vilas, não jogaram apenas no Porto, eles eram aqueles que na década de 90 viviam o Porto e jogavam com raiva, força e determinação por aquele clube. Eles são parte da alma daquele clube, e daqui a dias estão a treinar todos os nossos pequenos.

Imaginam a forma como estes futuros treinadores vão incentivar os seus jogadores qdo jogarem contra o vosso Sporting ou o meu Benfica. Lembram-se de os ver, a todos, a espumar da boca, nos jogos do seu clube do coração quando algo estava a correr menos bem durante o jogo?

Pensem nisto.

Só para confirmar

Quando não vejo o Benfica em casa, perdemos ou empatamos.

Este jogo nem o vi. Logo nem posso falar.

Aviso desde já que vou estar ausente 4 semanas.

Adeus campeonato. Adeus taça da liga. Adeus liga Europa.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Segue-se um Monstro...


Portanto após eliminar o Légia, adversário que se demonstrou difícil e valoroso, enfrentamos o primeiro classificado da Premier League, Manchester City.

Sejamos sinceros, não acredito na nossa passagem para a fase seguinte, e como muitos acreditam, pode ser este apenas um teste para Sá Pinto a ver se consegue implementar algo de novo no sistema táctico na equipa leonina, o que não acredito.

Espero apenas uma boa exibição, e que tentem fazer o melhor possível contra a equipa que eliminou o vencedor do ano passado. Batalha de David contra Golias...e desta vez a história terá provavelmente um fim diferente da história original.

E agora vou comportar-me como um adepto doentio e dizer, Sim! Nós com um pouco de custo conseguiremos ultrapassar este Manchester City, um a zero na primeira mão e um e igual na segunda! E ainda mais, canto a música do Michel Tchaló, "Ai City Pego!"
Eu canto mas não encanto...mesmo assim, Força Sporting, lutar até ao fim!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Liga Europa - Sporting vs Légia


Foi com muita calma que comecei a ver o jogo Sporting Clube de Portugal Vs Légia de Varsóvia, mas de calma não se viu nada. Confesso que gostei de ver um Sporting finalmente a passar a bola entre si numa velocidade onde já há muito não apresentavam.
Isto deve-se a quê? Não se deve a quê mas sim a "quem", e esse "quem" foi sem dúvida o Légia de Varsóvia.

Não vi o jogo da primeira mão porque não me foi possível, mas fiquei deslumbrado com a garra que o adversário vindo da Polónia demonstrou em Alvalade. Bravo, nada mesmo que isso, bravura e garra que se depuseram no campo, com uma pressão sistemática, bons passes de bola, obrigando o clube leonino a fazer o mesmo, senão obviamente teríamos sofrido golos q.b.

Tanto foi a velocidade de jogo que os nossos jogadores não aguentaram o esforço físico. Não tenho pena nenhuma, assim no dia seguinte vão lembrar que o esforço vale a pena.

Valeu atenção portanto da equipa leonina que soube organizar-se de modo a não perder os nervos, embora o zero a zero desse a passagem, era necessário um golo para cimentar a coisa, e assim o conseguimos com Matigol.

Ainda no inicio do jogo não contive umas gargalhadas quando os comentadores do canal Sic começaram a fazer piadas sobre Polga e as inúmeras falhas em inúmeros jogos sobre faltas de marcação ou exibições pobres. Descuidaram-se ali ao fazê-lo em directo com as suas risadas, mas nós Sportinguistas estamos conscientes que tem Polga, tem um medo já considerado "normal" sobre as suas intervenções.

Ricardo "Coração de Leão" não foge ao esquema táctico de Domingos mas pelo menos (e finalmente) vemos a equipa a tentar fazer mais do que penetrar pela lateral esquerda , atacámos pelo meio, consolei-me ver esse facto mas não tanto quando abusavam com os "rodriguinhos" ou seja passar a bola entre si e nunca mais fazerem um remate à baliza acabando por perder a bola e a jogada.

Wolfswinkel infelizmente não atina, homem golo que até no último jogo não conseguiu marcar como costuma (de penálti), João Pereira grande jogo com uma jogada de estrela, Carriço por ali anda na posição de trinco, vale-lhe o corpo que tem, senão provavelmente lá estaria André Santos. Capelito entrou e conseguiu arrancar faltas importantes, não engana pela qualidade. Tanto é que foi chamado para a Selecção olímpica, fazia-lhe falta sair do Sevilha. Izmailov e Carrillo valeram-se pelo esforço até à ultima e Rodriguez provavelmente vai descansar mais uns dias...o clube precisa disso.

Insua com alguns remates à baliza, o que para mim deve ser um dos pontos chave para a equipa, não era por acaso que Isaías do benfica em cinquenta remates num jogo conseguia marcar um golo. Schaars sempre firme no meio campo continua a mostrar que ganhou o seu espaço. E finalmente Patrício, meus amigos, podem falar o que quiserem, mas eu não tenho a menor dúvida, que uma peça chave deste Sporting Clube de Portugal neste momento é Rui Patrício. Tenho confiança nele, pelas exibições que nos apresenta e pela sua segurança.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Tens razão colega Bettencourt!

Quando falaste sobre o Bruno Alves, eu realmente sou da opinião que ele devia ser punido, aquilo muita vez nem é jogar futebol..."sarrafeiros" é o que não falta neste mundo do futebol...

Símbolo do benfica volta ao antigo.


Claro que não podia deixar passar o último jogo do benfica, obteve a sua primeira derrota com o Vitória de Guimarães e ainda bem.

Isto tudo tem uma razão de ser, o campeonato assim fica mais competitivo ali naqueles lugares cimeiros, e claro, o símbolo do clube da luz passa a ser novamente a águia e deixa de ser o Pavão.

Bênção ou trevo de quatro folhas.


Parece impressionante esta época do Sporting Clube de Portugal, já perdi a conta ao número de lesões que a equipa está a enfrentar e a última confirmada faz-me ter muito medo, na próxima época precisamos lembrar de ir a Irlanda buscar um trevo de quatro folhas ou mesmo contratar um padre para abençoar o plantel leonino.

A saída do onze por parte de Oneywu do centro da defesa, faz ter pesadelos e acordar a meio da noite a gritar "NÃÃÃÃÃOOOOO POOLLLLGGAAAAA!".

Espero bem que Sá Pinto se dê muito bem com Daniel Carriço...

Últimos resultados do Sporting.


Embora se pense que alma Sportinguista anda apagada neste blogue, ora desenganem-se. Estando eu em viagem, torna-se obviamente mais difícil escrever com mais frequência aqui por estes lados.

Mesmo assim, embora os estando os dedos fora do teclado, os olhos continuam a ver o desenrolar deste campeonato a qual não sendo eu cego, vejo ainda um Sporting fragilizado mas com zero derrotas desde a entrada do Ricardo Sá Pinto.

Faz lembrar um "deja vu" Paulo Bento quando tomou o lugar de Peseiro, em que subiu de treinador de juniores para a equipa principal como um "tapa buracos" e lá foi ficando ganhando duas Taças de Portugal e duas Super-Taças.

Amigos Sportinguistas, embora não estejamos com maus resultados até ao momento, não devemos olhar para o Sá Pinto como um projecto para o futuro, mas sim um "tapa buracos" a qual deve ser substituído por um treinador que tenha um palmarés mais elevado e com mais experiência como treinador. Não devemos assegurar o que consideramos médio prazo e consistente mas sim um estado de prontidão de vitórias e ambição para algo mais que Taças de portugal ou Super-Taças.

Desenganem-se se acham que sou contra o Sá Pinto, nada disso, até é bom ver um símbolo de garra e com vontade de vitória no comando leonino, mas temos de pensar mais alto com treinadores que tenham mais "estaleca" em termos tácticos e psicológicos. Experiência precisa-se.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Eu, Benfiquista, me confesso

A culpa é minha.

Um dia não são dias. Pelo que o que acontece hoje, não é regra para o amanha. Mas quando o dia de hoje, é diferente dos demais, e algo negativo acontece, marcamos sempre.

Ontem o Benfica perdeu. E aquilo que para muitos pareceu ser apenas mais um dia, para mim foi a repetição de uma excepção, que me leva a pensar, que por vezes, um dia podem ser dias. 

Com o decorrer desta época, vi o Benfica efectuar alguns resultados que em nada me orgulham. Uns mais naturais que outros, mas para qualquer Benfiquista que se preze, tudo que não seja vitória, é derrota. Cá não existem empates, ou sequer vitórias morais. Todos esses resultados menos bons tiveram um ponto em comum, eu falhei enquanto Benfiquista. 

Lembro-me bem do primeiro jogo da época. Aliás, lembro-me da data. Por motivos festivos da Santa Padroeira da terra, não pude ver o jogo, e o resultado, esse foi o que todos viram, um empate a 2 bolas. Lembro-me também do jogo das Antas, ia viajar, não vi a primeira parte direito, fui vendo enquanto preparava a mala. A segunda parte não vi de todo. Mais uma falha minha, mais um empate a 2 bolas. Quando o Benfica se deslocou a Braga, trabalhava eu até às 19H (Açores), começando o jogo aproximadamente por essa altura, ou mais cedo, não me lembro, apenas sei que não vi senão meio jogo, e parte dele no café, dá azar. Resultado, novo empate, agora a 1 bola. Ontem foi o 4º desaire da época, e o pior de todos. Mais uma vez trabalhei até às 19H (Açores), ainda vi 20 min no café, mas como dá azar, desisti. Vim para casa ver a 2ª parte, mas já perdíamos, e assim ficamos.

No restante campeonato, não me lembro de perder 1 jogo, meia parte, ou sequer metade de meia parte. Vi tudo, e vi em casa. Tudo isto me leva a pensar que, em parte sou eu o culpado das derrotas do meu Benfica. Peço desculpa por esse facto. No entanto sei que não sou o único culpado. Ontem, por exemplo, vi um Benfica jogar num campo complicado, com meio Javi (Matic) e sem Witsel, e isso, não foi culpa minha, foi do catedrático. Eu, como alguns jogadores e treinador, ontem não me dediquei a 100% ao Benfica e, o resultado está à vista.

Mas o que realmente me preocupa, é que a partir de meio desta semana, vou passar aproximadamente 4 semanas em terras do Tio Sam (apanhando 5 Fins de semana). Não vou ver o Benfica em casa e, temo o pior. Temo que durante 4 semanas, veja um Benfica armado em Sporting, a ridicularizar-se em todos os aspectos, e a ser o bobo da corte, como eles tão bem sabem ser. Vai de retro Santanás. A terra do Tio Sam só me pode trazer sorte. Basta de superstições. Basta de pensamentos e resultados negativos.

Rumo ao 33.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Guimarães - Benfica


- O Guimarães ganhou o campeonato hoje? É só uma dúvida.

- Pior do que perder, custam-me perder contra o Guimarães. Os jogos que estes gajos ganham ao Benfica, são sempre iguais, com futebol feio, cheio de luta no meio campo. Não gosto deles.

- Não podemos ganhar sempre. Mas preferia perder com a Académica. Com o Porto, Braga, Guimarães e Sporting é que não. 

- Jogar na Luz com um 11 assim, eu compreendo. Num estádio como o do Guimarães, é suicídio. O JJ quis ser guloso e lixou-se. Esteve mal.

- Do Benfica, é-me complicado falar. Não sei por onde começar. Sei que jogar contra quem se preocupa apenas em destruir é sempre complicado, mas esperava muito mais.

- Hoje somos 6M tristes em Portugal, a juntar à troika, será um Carnaval para esquecer. Ainda sobram alguns milhões para brincar aos palhaços.

- Podemos ter 20 cantos, que são quase todos mal marcados. Eu não chamo aquilo marcação ao primeiro poste, pois são cortados na sua maioria uns valentes metros antes e, pasme-se, por vezes com os pés. Será falta de danoninho?

- Não gosto dos jogos em que temos o Xistra. Temos azar com ele, mesmo quando o homem não tem culpa. 

- Fico triste com a derrota, mas acredito na vitória final. 

- Hoje sou capaz de ter alguns comentários no FaceBook. Mas também já tinha saudades. faz tempos que não tenho. :P

- Continuamos à frente do Sporting? É só outra dúvida.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Um Fim de Semana sem Benfica...

...é como uma fonte de água salobra. Por mais água que bebas, nunca matas completamente a sede, apenas enches a barriga.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Inocente


Segundo um amigo meu, o Rodrigo lesionou-se foi na queda, e não com a entrada do Bruto Alves. Tudo isto, porque a lesão é na anca e o gajo dá-lhe é nas canelas. Tipo, parece que uma coisa não é que levou à outra.

Conclusão. Se o Zé das Coves der um murro na cara de um gajo, e ele com o impacto cair desamparado, e bater com a cabeça numa pedra, de forma a ficar paraplégico, o responsável pela paraplegia não é o Zé das Coves, mas sim do raio da pedra que se atravessou na frente. É bem!

PS: A sorte da pedra, é que a justiça Portuguesa é lenta e ineficaz. 

PSS: O meu amigo é Sportinguista. Ajuda a esclarecer?

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Zenit vs Benfica


- Quase. É esta a primeira palavra que me vem à cabeça. Mas o futebol não se faz de "quases". Podem perguntar ao Peseiro.

- Um jogo marcado por erros. Ambos os lados estiveram francamente mal no capitulo da concentração.

- O Maxi não merecia, é um guerreiro e foi injusto para ele.

- O Emerson também não merecia, mas era jogar no Benfica.

- O Matic hoje não esteve lá. De todos, deveria ser o mais habituado ao frio. Nunca estava no sitio certo, e das poucas vezes que esteve, ou decidia mal, ou deixava-se antecipar. As únicas vezes que não esteve mal, foi porque optou pelo "chutão" na frente.

- Espero que o Rodrigo recupere rápido. Temi o pior, e ainda não estou descansado. Acho que só ficarei quando o vir em campo.

- O Bruno Alves. Um animal é sempre um animal, mesmo que mude de zoo.

- O Amarelo ai Aimar é tão ridículo, que nem me atrevo a comentar. Com isto fica de fora na Luz. Pode fazer falta. Aliás, fará falta.

- O Artur não esteve lá. Não fez uma única defesa, e no entanto, não teve culpa em nenhum dos golos. Mais inglório não poderia ser, para um Guarda Redes que sofre 3 golos.

- Não é um bom resultado, mas também não é um mau resultado. É o resultado possível num campo que torna os músculos demasiado pesados. Quer pelo frio, quer por se tratar de um pelado. Exemplos que comprovam isso são variados, vejamos. O Artur, foi raro o pontapé de baliza que passou do meio campo, alguns nem ao meio campo chegavam. Isto pode parecer que conta pouco, mas demonstra até que ponto, os 13 graus negativos modificam a motricidade de um corpo habituado a temperaturas bem mais amenas. Mesmo quando via um jogador do Benfica em velocidade, e vi poucas vezes, parecia-me sempre que ia demasiado em esforço. Super Slow Motion.

- Para finalizar. Acho que temos todas as hipóteses de passar a eliminatória. Na Luz, com condições ditas normais, um 12º jogador apoiar 90' e, com futebol de nota artística, estamos lá, na próxima eliminatória.

PS: Repararam, que nos lances de possível fora de jogo do Zenit, nunca apareceram repetições com intenção de esclarecer? Estranho!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Domingos e o seu longo comunicado

Retiro apenas o seguinte.



"Nem precisaria de negar tão absurda informação, porque, felizmente, ao longo da minha carreira profissional, quer como jogador, quer como treinador de futebol, sempre coloquei à frente de tudo um valor: a dignidade. É com dignidade que sei estar no desporto e os responsáveis dos clubes que representei até hoje são as melhores testemunhas para atestar o que digo."

Não era o Domingos, que estava no avião com destino ao Sporting, e à ultima da hora foi desviado para o Porto? É que se não era o Domingos, era um tipo muito parecido.


PS: Olha, olha... tinha razão. Link: http://www.ionline.pt/outros/domingos-paciencia-verdadeiro-artista

Três anos depois, no Verão de 1999, o Sporting negoceia Domingos com o Tenerife. Quem o lembra é Carlos Janela, então director do futebol do Sporting. “Conseguimos um acordo com o Tenerife e, posteriormente, chegámos a um acordo de dois anos com o Domingos. Por circunstâncias meramente casuais, o Porto, inesperadamente, abordou o Tenerife para tentar contactar o Domingos. Foram informados de que havia um pré-acordo com o Sporting e que só faltava o acordo com o jogador. Quando o Domingos estava a meio caminho de Lisboa para formalizar o contrato, recebeu um telefonema de Pinto da Costa a propor o dobro do valor do contrato, quer em termos de valores, quer em termos de duração. Para um jogador de 31 anos, fazer um contrato de quatro anos era uma reforma dourada e antecipada.”

Esta imagem agora dá que pensar...

Irreal Surreal


Bom, que posso eu dizer? Não sei.
Após um inicio de época que parecia trazer bons ventos de mudança, o Sporting Clube de Portugal apresenta-se hoje com uma imagem de mediocridade que só o benfica conseguiu apresentar na época 2000/2001 alcançando o seu glorioso sexto lugar.

Temos portanto a saída de Domingos que não conseguiu ultrapassar a fase "leite materno" mas que afirmava que ainda estavam na fase "cerelac". É estranho, tendo o Presidente Leonino dando certezas que não havia dúvidas sobre a continuidade de Domingos e "puff!Fez-se o chocapic" para o olho da rua. Conversações com o porto pode ter sido a razão principal, mas eu acredito que foi o culminar de resultados negativos e exibições ao nível de equipas do campeonato regional.

Pensei que ainda estava seguro no cargo por ter assegurado a final no Jamor e continuidade na Euroligue (como diz o Jesus da luz), mas ao que parece nada feito. Deixaram um agradecimento no site oficial do clube dizendo "Obrigado Domingos, foste um flop e queremos seguir em frente."

Voltou o "Coração de Leão" à equipa principal, uma aposta que sinceramente faz um encosto muito apurado ao Paulo Bento. Tem provas dadas nos júniores, teve garra enquanto jogador, mas sejamos sinceros...a coisa tá negra. Ele diz que está preparado, e provavelmente teremos um treinador que dará tudo aos jogadores e provavelmente aos árbitros e treinadores adversários, ou não se lembram do caso Liédson e o caso Artur Jorge.


Como disse no inicio do post, não sei.
Não sei o que se vai passar neste clube a qual tem adeptos que gritam de alegria quando o clube está em cima, e neste momento é preciso comprar Mebocaína, porque as nossas gargantas estão em greve.

Um evento chamado "Pensar Sporting" onde se fala... Benfica!

Imaginem...

...ir a uma "feira do gado" para comprar peixe.

...ir a Itália para ver a Torre Eiffel.

...ir a um safari pelo prazer de andar de barco.

...ir às put@s (as pagas) pelo gozo da conquista.

Não faz sentido pois não?


domingo, 12 de fevereiro de 2012

Benfica - Nacional (Resumo)


- Grande vitória do Benfica, numa das melhores exibições "ofensivas" da época. Defensivamente, demasiados espaços.

- São 3 pontos muito importantes, que nos colocam a 8 do 2º por pelo menos 24horas, e alguma pressão em cima dos ombros de outros.

- JJ inventou. Não correu mal, mas também não correu bem. Era desnecessário adaptar o Witsel à posição de lateral direito. De certo que naquela posição, não fica muito superior a um Miguel Vítor. Eu nem sou grande fã deste puto.

- O mesmo JJ que inventa demais, acaba de fazer história na Luz, com a 100ª vitória em 2.5 anos. Não é um iluminado do mundo do futebol. Tem muitos defeitos, principalmente a nível de alter-ego. No entanto, e a meu ver, é o treinador certo para o Benfica. Consensual, nunca existirá nenhum por estes lados. 

- O jogo do Matic. O melhor elogio que lhe posso fazer, é que à excepção dos primeiros minutos, nunca mais me lembrei que faltava o Javi. Isso só pode ser positivo. Excelente jogo.

- Gaitan vai regressando aos poucos. É capaz do melhor e do pior no mesmo jogo. A verdade é que depois da lesão, e à excepção do jogo com o Marítimo, só vinha conseguindo o pior. Ontem voltou a ser o nosso Gaitan por completo. Se me irritam as birrinhas e amuos dele? Claro que irritam, mas se a cada jogo, fizer 2 a 3 jogadas fenomenais com selo de golo, está perdoado.

- Gostava de falar do Rodrigo, mas não sei que palavras escolher. Começo a achar que esta é a sua primeira e última época no Benfica. Os 6M que custou fazem-no parecer barato. É certamente um dos jogadores que vai dar muito que falar no futebol mundial.

- Witsel na sua posição é um senhor. A forma como ele guarda e protege a bola é algo de maravilhoso.

- Aimar é o que se vê. Um artista em campo. Defende que nem um cão que nos morde as canelas, e ataca com uma arte só disponível aos Deuses.

- Emerson. Ontem teve algumas intervenções de nível, mas quando olhamos todo o jogo, percebemos que foi o que mais falhou. Irrita-me algumas bola que perde de forma displicente.

- Não é fácil fazer esquecer David Luís. Parabéns Garay. Conseguiste. É um jogador completamente diferente daquele que era David Luís no Benfica. É muito mais discreto. É classe. O jogo de ontem é um manual de como bem defender quando não se é um velocista. Posicionamento e antecipação. Nada mais simples. Claro que ter a técnica de Garay ajuda, principalmente para a equipa sair a jogar. David Luís pegava na bola, subia e desequilibrava. Garay faz o mesmo mas sem subir, um simples passe basta-lhe.

- O Super Dragão foi aquilo que todos nós vimos. Do nada saca um penalti como um ilusionista saca um coelho da cartola. É um Luís de Matos nos jogos do Benfica. Quando a equipa tem um jogo menos conseguido, um lance desses pode marcar o jogo. É por isso que naquelas "Ligas da Verdade" que vemos por aí, o Benfica parece mais beneficiado que prejudicado. É normal. Este lance por exemplo, não vai aparecer numa dessas tabelas de classificação virtual, pois para todos os efeitos não teve influência no resultado final. Mas imaginem que aquele lance ocorria a um Sporting. Num momento como o que eles vivem agora, o mais provável era se enervarem, o Nacional subir de rendimento e, quiçá, acabar por empatar o jogo. Mesmo com um Benfica forte como o de ontem, aquele lance mexeu com o jogo, e passamos ali por uns 10 minutos complicados. Espero que os iluminados que andam sempre com aquela tabela atrás, para justificar por vezes o injustificável, pelo menos da forma como o querem fazer, tenham inteligência suficiente para perceber este paragrafo, deixando assim de ser ridículos. 

- Não vou falar de todos os jogadores. mas ontem houve outras excelentes exibições na Luz.


terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Ele disse mesmo isto?


"Ainda estamos em 3 frentes"

 WTF?

Quanto ele diz que está nas 3 frentes, significa o quê, relativamente ao campeonato? Está na luta pelo título? Ou simplesmente pertence ao lote das 16 equipas? 

Ridículo. 

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Feliz coincidência dirão alguns

Para a Taça da Liga a solução voltou a estar no banco, mas desta feita ao contrário.



É caso para se dizer, "cá se fazem, cá se pagam!"

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Benfica VS Maritimo


- Meias-Finas, cá vamos nós. Um Benfica vs Porto é sempre apetecível. É p'ra ganhar.

- O 3-0 a meu ver, não reflecte a dificuldade do jogo. Se é verdade que até à expulsão fomos sempre superiores, mais verdade é que a partir daí ficou tudo facilitado. No entanto, acho que a passagem à próxima fase nunca esteve em causa.

- Expulsão exagerada. Quantas vezes já não critiquei os árbitros por expulsarem o Javi e o Cardoso pelo mesmo motivo. Compreendo sempre um amarelo, põe em causa a integridade física do adversário. Mas agressão? Não.

- Sem Witsel e com 2 alas muito ofensivos, pareceu-me existir ali uma clareira a meio campo. Muito mal aproveitada pelos insulares, diga-se.

- Finalmente vi o Nelson Oliveira a demonstrar todo o seu potencial. Grande e com passada larga, que faz dele um falso lento (adoro esta expressão), e depois muita entrega ao jogo. Bons rasgos.

- Acho que não vale a pena falar do Rodrigo. O homem é aquilo que viram, classe e golos.

- Tenho a sensação, que à imagem do andebol, o Nolito utiliza resinas, mas nas botas. Ganha sempre todos os ressaltos, e leva sempre a bola coladinha ao pé.

- Na Madeira não se treina o remate?

- Viram o Djaló? Confesso que parecia um corpo estranho em campo. Quase marcava. Imaginam o gozo que não era se marcasse? 

- O Gaitan aos poucos vai regressando. Duas assistências, a primeira delas fenomenal, embora o maior trabalho tenha sido do Nelson a rasgar a defesa na diagonal.

- Hoje vi duas Vi(k)tórias no estádio da luz, muito bem vestidas.

Galo Cantou!


Como devem imaginar, estou chateado.
Não sei o que escreva não sei o que pense.
A equipa simplesmente não está a jogar futebol...e não tenho paciência para explorar mais este conteúdo que se torna cada vez mais uma desilusão mais frequente.

Vamos deixar passar mais uns dias até nova desilusão com o jogo para a taça de Portugal?
Juntamente com a falência técnica, está a ir uma época futebolística toda pelo cano abaixo.
Não sei.

Talvez seja melhor vir um Bruce Lee ou um Romanov Multi-Milionário e tentar endireitar de uma vez por todas este clube que merece mais do que apresenta.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Sporting vs Gil Vicente

- O Sporting voltou à normalidade. Perdeu.

- Eu não ligo muito ao calendário chinês, mas cheira-me que 2012 não é o ano do Leão. Pelo que tenho visto nas ultimas 2 semanas, se calhar é o ano do Galo.

- Ainda no calendário chinês, espero que não seja o ano do Porco. É que estou farto do Jorge Nuno a ganhar.

- Este Gil Vicente tem jogado muito contra os grandes, mas hoje com o Sporting também provou jogar bem com os pretendentes a "Grande".

- Depois da semana passada, o capitão América voltou a ser decisivo.

- Este Hugo Vieira, ninguém o vai buscar porquê? Não é pior que o Djalo.

- Domingos, olha, paciência! (é um trocadilho velho, mas que fica sempre bem).

- Já repararam que o Sporting já não está nas 4 frentes? Que dirão eles agora? Ah, é verdade, andam calados.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012