segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Primeiro Objectivo Falhado - Sporting.



Não conquistar a Taça da Liga, foi para mim um objectivo falhado.
 Eu pessoalmente queria muito ganhar esta taça, pois é uma competição que nos tem fugido todos os anos e ainda por cima somos finalistas vencidos da primeira final.
Chamam-lhe a Taça do benfica, chamam-lhe a Taça que ninguém quer. Eu por mim considero uma competição válida como qualquer uma e penso que desportivamente é uma mais valia para todos os clubes bem como para nós adeptos de futebol, mais competições é sinónimo de mais jogos. 
Não me apetece fazer uma analise ao jogo do meu Sporting. Não me apetece falar do atraso que houve no dragão e o penalti marcado ao cair do pano. 
Não me apetece porque temos de ser realistas, se tivéssemos ganho ao porto em casa  por um a zero nada disto  provavelmente teria acontecido.
Fico contente no entanto com o desempenho da minha equipa nesta competição, fico desejoso desta Taça por mais um ano e agora é focar para o campeonato, e garantir um lugar nas competições Europeias. 
Saudações Sportinguistas.

sábado, 25 de janeiro de 2014

Taça da Liga - O meu 11

------------------------------------------------Paulo Lopes----------------------------------------------
Cancelo-----------------------S. Vitória-----------------------Jardel--------------------------Sílvio
-----------------------------------------------------Lindlõf--------------------------------------------------
------------------------------André Gomes---------------------------------------------------------------
-------------------------------------------------------------Bernardo Silva-------------------------------
Sulejmani-----------------------------------------------------------------------------------I. Cavaleiro
------------------------------------------------Funes Mori------------------------------------------------

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

"Toda a estratégia vai passar pelo Seixal"



É lá que vão começar a decidir quais, e onde contratar estrangeiros. Acho bem, afinal de contas é preciso rentabilizar o investimento.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Campeonato forte no inicio da segunda volta!


"Voo como uma borboleta e pico como uma abelha!"



Penso que já há muito tempo que não víamos um campeonato renhido desta maneira, com os três grandes na luta pela frente do campeonato jornada a jornada. Sem dúvida que é o sonho de qualquer adepto de futebol. Embora no ano passado o meu Sporting tenha tido uma época de Morte, este ano considero (independentemente do lugar em que fiquemos na parte superior da tabela) que este ano foi o ano do Ressuscitar. E sim podem dizer que tanto o porto como o benfica não jogaram até ao momento, ao nível que costumam jogar (mesmo assim estão lá em cima) mas isso não é desculpa. Por essa lógica o Sporting o ano passado também nem por lá perto jogou ao seu nível e acabou o campeonato em sétimo, o benfica campeão na Madeira e o porto campeão aos 92 minutos a uma jornada do fim.

 Arouca – Sporting 

 Este foi o único jogo que vi este fim-de-semana, nem restantes jogos da liga, nem inclusive Real Madrid ou Barcelona nem Manchester City/United. Um Arouca que repetiu o mesmo no jogo da primeira volta ao marcar primeiro, e um Sporting em grandes dificuldades para dar a volta ao resultado. Falando assim por alto do jogo, em primeiro lugar tenho que dizer que foi a primeira vez que vi um Sporting a jogar num campo relvado pior do que o seu, onde se houvesse um pouco de esforço desenterravam-se batatas e com a chuva abundante durante o jogo a fazer lembrar um arrozal do Vietnam. 

 Análise minha resumida…

 - Irritou-me ver um Sporting que simplesmente não conseguia acertar um passe, fazer uma jogada rápida de ataque ou mesmo simplesmente circular a bola. Ao contrário do Arouca, isso simplesmente não existiu para o Sporting na primeira parte e maioritariamente na segunda. É de realçar Bruno Amaro bem como André Claro que fizeram um grande jogo, entrando Arouca fortíssimo. Aliás digo mais, para o estado miserável para que estava o campo, o golo do Arouca foi um golo bonito com princípio, meio e fim. 

 - No penúltimo post, escrevi que gostaria que Montero tivesse apenas mais cinco por cento da inspiração que costuma ter, e teve algumas oportunidades, mas a bola teima em não entrar. A pressão de Slimani a querer intrometer-se a titular começa a pesar se me parece, no entanto Slimani embora tenha uma estirada que faz o golo (da vitória), embora seja bom a jogar de costas para a baliza, e seja corpulento para aguentar a pressão dos defesas, nota-se que existem dificuldades técnicas. Não querendo comparar Jogadores, faz-me lembrar Jardel que marcava golos mas de pezinhos meio “tónhó”. 


 - William Carvalho, para mim homem do jogo, e quanto gratificante teria sido aquela bola entrar mas o poste assim não o quis. Homem de peso naquele meio campo. Senti uma fúria enorme ao ver Jardim a tirá-lo do campo, mas uma aposta no Adrien para lançador foi mais lógico para o treinador, e verdade seja dita, se o resultado tivesse sido negativo estava a impressa toda em cima dele. Mesmo com a vitória, questionaram em conferência de imprensa, imaginemos em caso de derrota.


 - Carrillo não jogou, e mesmo se abrisse uma janela para substituição, a aposta iria recair em Mané. Tal já não aconteceu devido à expulsão do Rojo. As duas expulsões foram uma falácia, e a do Rojo faz-me pensar que daqui a dias vão excluir a carga de ombro…porque foi isso que o Rojo fez, carga de ombro.


Embora tenha gritado de alívio com o golo de Slimani, tenha achado que os últimos vinte e cinco minutos tenham sido do Sporting, muito devido às alterações tácticas de Jardim, o empate talvez tivesse sido o mais justo. No entanto, tem que se realçar o espírito de sacrifício que este Sporting fez, como por exemplo Maurício que jogou maior parte do tempo com lesão, jogando num autêntico batatal, onde não se podia circular a bola. Aproveitou-se as poucas oportunidades que houveram, marcando-se dois golos, e ganha-se os jogos não por justiça mas sim por golos. Preocupa-me no entanto o desfalque que esta equipa tem no banco…mas vá, jogo a jogo e sempre em frente enquanto a máquina der!
Saudações Leoninas!

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Afinal, quem é o Manel?




Eu apostava neste Manel. Era muito bem vindo. E que se F... os puristas. Quero lá saber da forma como saiu. Até porque as "versões das histórias" do Orelhas há muito que deixaram de fazer sentido!


quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Saldos de Natal

Queria comprar a camisola oficial do Sport Lisboa e Benfica 2013/2014, e ouvi dizer que na Luz estavam a fazer saldos de 50%. Alguém me confirma esta noticia?

PS: Entretanto o Mourinho ligou-me a confirmar a veracidade da noticia. Obrigado a todos.




Sporting - Marítimo (Taça da Liga)





Não vi setenta e cinco por cento do jogo mas…

- Vi que Jardim fez rodar um pouco a equipa e ainda bem;
- Vi o golo do Vitor;
- Vi o golo do Rojo;
- Vi que o Salomão continua a não querer superar as minhas espectativas;
- Vi que o Slimani anda com fome de golos de faca e garfo mas não acerta no prato;
- Vi o Boeck a fazer um excelente jogo;


Mas o que adorei  ver mesmo, foi a repetição do golo do Menino (como diziam na rádio) Mané! Uma aposta ganha que aos poucos vai dando nas vistas. Carrillo que atine…


segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Canários de Peso - SPORTING (e outras matérias)



Um empate. 
Foi esse o resultado que fomos colher ao campo do Estoril. Sou daqueles gajos que tem a teoria de que um empate é sempre melhor que uma derrota. mas ao mesmo tempo, sou daqueles gajos que acha que não é possível arrecadar apenas um ponto contra um Estoril.

Não fiquei desanimado com o resultado como já disse, mas começo a ter a preocupação de falta de golos. Mal habituado talvez possa ser a fase em que todos os Sportinguistas sintam neste momento. Mal habituado por Montero não marcar golos, mal habituado por achar que Jardim devia apostar mais frequentemente em Capel como titular em vez de ter um jogador de oito ou oitenta (Carrillo), mal habituado por não ver a minha equipa a jogar um futebol ofensivo e de qualidade.
No entanto não me canso de estar habituado a ver William Carvalho a fazer jogos de grande qualidade, não me canso de estar habituado a ver um guardião que se mantém firme entre os quatro postes e jamais estarei mal habituado a ver o apoio que esta equipa do Sporting tem pelos seus sócios e adeptos.

O Estoril  de Marco Silva (futuro treinador do benfica) mostrou-se um adversário coeso com uma brilhante posição táctica/defensiva anulando um Sporting que não esteve no seu melhor em finalização e embora William Carvalho tenha sido uma pedra fundamental (defensivamente)no meio campo, existiram grandes dificuldades nessa mesma área para se construir ocasiões de golo e aberturas.
Quando essas mesmas aberturas aconteciam, apostando muito no lado esquerdo, Carrillo irritava-me constantemente com a sua falta de inércia. Será que são as noticias recentes que existe mercado possível para o jogador? Nervosismo em tentar fazer muito e ao mesmo tempo não fazer nada? É um oito ou oitenta, em conversa com amigos, chegamos à conclusão que este menino não controla ou não percebeo talento que tem naqueles pézinhos.
Irritou-me também o árbitro, pela sua rigorosa atitude de não deixar que se marcasse a falta dois centímetros ao lado, por marcar faltas onde não existiam, enfim...à Proença. Desta vez penso que não influenciou no resultado, embora tenha achado que Montero sofreu uma carga para grande penalidade dentro da área. Até podia fazer comparações com outros jogos, mas a realidade é que um jogo não pode ser definido por um lance estando o resultado a 0-0 e estando as equipas a jogar como jogaram. Onde quem acabou por brilhar mais foram os dois guarda-redes.

Embora seja empate, embora tenhamos descido à segunda posição devido à vitória do benfica sobre o porto, continuamos com o discurso que os objectivos continuam no seu trajecto natural. Espero que o próximo jogo, Montero esteja mais motivado e que a  inspiração esteja apenas mais cinco por cento do que tem mostrado nos últimos jogos.

Notícia bombástica de Nani de vir sobre empréstimo para o Sporting!


- Eu sinceramente sobre este assunto vou ter que ser como Tomé...

benfica- porto 

- Bonita homenagem a Eusébio tanto antes do jogo como os nomes na camisola.

- Super Dragões respeitaram o minuto de silêncio. Um gajo fala mal, mas quando estão bem também tem de haver reconhecimento na coisa.

- Grande golo do RodriEUSÉBIO.

- Mangala traquilizou Helton sobre o assunto Fabiano com aquela grande defesa.

- Paulinho diz que vai ser campeão depois desta derrota.

- Jasus Camone retirou de cima a pressão de não sei quantas toneladas de não perder um jogo que era importante para todos os benfiquistas (questão Eusébio) e ganhou no seu centésimo jogo.

Um aparte sobre Ricardo Araújo Pereira

"Ricardo Araújo Pereira diz que prefere ter filhas lésbicas do que serem adeptas do Sporting"
(In Correio da Manhã)

Não tenhas dúvidas Ricardo...espero bem que elas sejam lésbicas e que sejam colegas de profissão da Érica Fontes  ;)

Saudações Leoninas!

domingo, 12 de janeiro de 2014

Eusébio vs Porto

- Obrigado Eusébio.

- São apenas mais 3 pontos. São importantes porque são menos 3 do Porto.

- Ganhar ao Porto na Luz não deveria ser excepção. Deveria ser a regra. Ainda não o é. Espero que o volte a ser.

- Agradeço ao Eusébio porque tenho a certeza que aquele primeiro golo foi um remate Dele. Foi um remate à Eusébio. Que grande golo. Grande cavalgada de Markovic culminada numa grande desmarcação e golo do Eusébio.

- Obrigado Rodrigo por deixares Eusébio reencarnar em ti naquele lance. Pena que não o tenhas permitido quando falhaste o 3-0.

- Artur, já foste!

- Jogo intenso, nem sempre bem jogado, mas com as melhores jogadas a pertencerem ao Benfica.

- Vi garra e atitude dos jogadores do Benfica. Hoje estavam mesmo com vontade. Parabéns a todos.

- Bonita homenagem antes do jogo. Mais bonita ainda durante o jogo, quando JJ fez alinhar 11 Eusébios em campo. Gostei de ver aquele nome estampado nas camisolas. De alguma forma ajudou.

- Como é que querem que o Helton esteja seguro? Primeiro foi a concorrência de Alex Sandro e Danilo, depois aparece Fabiano num grande contra o Sporting, e hoje enfiam-lhe com Mangala!!! Epá, o Homem tem de estar nervoso com tanta concorrência. 

- Também ficou um pénalti por marcar contra o Benfica. Garay não precisava ter usado o braço. Os outros lances são escaramuças típicas de um clássico, que neste caso concreto nem sempre foram bem ajuizadas pelo árbitro a nível técnico. Dou o exemplo da não atribuição da lei da vantagem na falta sobre Quaresma.

- O Kelvin jogou? ou estava no Museu com o Pinto da Costa a ver o golo da época passada? 

- Este campeonato está muito estranho. Não jogamos nada em 80% dos jogos e vamos na frente. A última vez que vi isto acontecer, o Trapatonni era treinador do Benfica. Não preciso dizer mais nada pois não?

- O Bruno de Carvalho já veio dar os parabéns ao Benfica? 

- Não vejo ninguém à minha frente.

terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Um dia pesado.

Este é um post que me custa um bocado em escrever. 
Talvez porque um dos dias mais felizes como Sportinguista foi marcado pelo falecimento do Gigante Eusébio. Talvez por isso tenha demorado três dias para o escrever...

Regressei ontem aos Açores depois de ter estado no continente de férias de Natal e passagem de ano na companhia de ente queridos e amigos.
Como açoriano, não são tantas as oportunidades de visitar o clube do nosso coração, de ver um jogo no estádio, de estar perto dos adeptos e vibrar com os golos. Embora não tenha tido oportunidade de ver um jogo, tive sim a oportunidade um dia antes de vir embora, visitar o Museu do Sporting Clube de Portugal. Essa visita ficou agendada para domingo, dia 05 de Janeiro.

Acordei no domingo mais do que bem-disposto, iria visitar o museu histórico do meu clube, onde poderia ver de perto o palmarés, Taças, seria uma tarde perfeita. No entanto ouvi a notícia sem ligar a televisão, disseram apenas em voz alta lá em casa após terem encontrado a mesma pela net.  “Olhem o Eusébio morreu…”.
Sou Sportinguista, sou meio-doente como costumo dizer, mas nesse momento os meus olhos ficaram apreensivos…a tristeza foi inevitável. Não vi o Eusébio jogar, sou demasiado novo para isso (colheita de 84) mas vi por imagens, pelo seu historial no impacto do futebol Português como por exemplo o Mundial de 66. Amado principalmente pelos Benfiquistas, Eusébio conquistou o povo português, e numa altura em que a sombra fascista cobria Portugal, era ele que fazia esquecer tudo isso com a magia do seu futebol.

Fui ao museu do Sporting, mas disso falarei noutra altura. Não me sinto à vontade por enquanto.



segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Eusébio fez-me voltar a ser pequenino por um dia...

A propósito deste POST.

Não pensei que voltasse a ser possível sentir-me aquela criança outra vez. Não poderia concordar mais com Fernando Tordo, "no dia em que Eusébio morreu, o Benfica viveu". Ainda há esperança. O meu Benfica ainda existe. 

OBRIGADO PANTERA NEGRA

sábado, 4 de janeiro de 2014

Taça de Portugal - É favor não desiludir.

Estás em dívida comigo.

Quando o ano passado, depois de saber que ias ao Jamor, e depois de uma longa maratona para conseguir o tão "complicado" bilhete de lotaria, que no final se revelou um bilhete para o inferno, que me ficaste a dever uma alegria ao vivo.

Fiz mais de 2000km dos Açores a Lisboa. Fi-lo para te ver. Mas não te vi. Nessa tarde veraneia não apareceste no Jamor. Falhaste em toda a linha. Falhaste porque foste fraco. Como dizem na blogosfera, falhaste porque foste Benfiquinha. Mas eu não me desloquei milhares de km para ver o Benfiquinha. Desloquei-me para ver o Benfica. É isso que tu me deves. Uma vitória no Jamor.

Amanhã não peço muito. Peço apenas Benfica. Por outras palavras, uma vitória. Só mais um passo para que cumpras mais um dos teus deveres. Estarei no Jamor para te cobrar a dívida. Eu não falho. Não falhes tu também. Sê Benfica.