sábado, 30 de junho de 2012

sexta-feira, 29 de junho de 2012

A final do Euro


Vai ser apitada pelo Português Pedro Proença. 

Que o homem iria ter uma prenda este ano, já todos sabíamos, mas estávamos longe de imaginar que seriam duas. 

A minha única dúvida neste momento é, quem irá ele desta vez agradar, o patrão Pierluigi Collina, ou o patrão Michel Platini?

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Euro 2012 (Breves)




No inicio não acreditava neles.

Critiquei opções (convocados).

Apoiei sempre.

Passei acreditar.

Vibrei com eles.

Sofri com eles.

No fim... aplaudi de pé orgulhosamente.

Ter pátria, é isto!

Jornais Desportivos

Eu sei que a Silly Season é recheadinha de fantasias, e que o melhor é mesmo não ligar ao que vem escrito nos jornais desportivos. Sabemos que 95% do que é noticiado é contra-informação, mas seria pedir muito que a noticia que se encontra em imagem estivesse dentro dos restantes 5%? 

Agradecia confirmação e, se possível, a maior velocidade que o "dito cujo" se movimenta em campo.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Devaneios



Uns comem Frango à Carbonara. Outros comem a Sara Cabonero.

Hoje, mais que nunca, dava jeito trocar as palhas. Ou então o Casillas que fique com tudo. Hoje. Só hoje.

domingo, 24 de junho de 2012

CR7, a Selecção e os números

Serve o próximo post para desmistificar algumas confusões no que diz respeito ao rendimento de CR7 na Selecção de todos nós.

É demasiado simplista comparar os números de um jogador na selecção e no clube. É simplista comparar os números, mas não o é comparar rendimentos. No entanto, quando falamos de rendimentos, não podemos ter em conta só os números, é preciso analisar todas as variantes. Existe uma simbiose entre jogador e equipa. Um jogador pode influenciar os rendimentos de uma equipa, na mesma medida em que uma equipa pode influenciar os rendimentos de um jogador. A simbiose perfeita seria quando um jogador está menos bem, a equipa ajudar esse jogador, e quando ao invés é a equipa a estar menos bem, o jogador ajudar essa equipa. Assim sendo, ambos estão dependentes um do outro. Numa só frase. O futebol é um jogo colectivo.

Falando de Cristiano Ronaldo temos então:

- De um lado é treinado por Mourinho, do outro por Paulo Bento.
- De um lado Benzema/Higuain como avançados, no outro Postiga/Hugo Almeida.
- De um lado um trio de meio campo composto por Alonso/Kedhira/Ozil, do outro Veloso/Moutinho/Meireles.
- De um lado treina-se bi-diariamente, 6/7 dias por semana durante 9 a 10 meses, fazendo 55 jogos por época, passando metade da mesma, ou mais, a jogar 2 vezes por semana, do outro treina-se também bi-diariamente, 6/7 dias numa semana, mas só de 4 em 4 meses para jogar 1 ou 2 jogos nessa semana. Só agora na fase final do Euro é que treinou 20 dias seguidos com a equipa.

Todos este factores influenciam os rendimentos, e isso depois reflete-se nos números. Vejam que são apenas alguns dos pontos que tornam esta comparação injusta entre Real Madrid e Selecção Nacional. Provavelmente existem mais factores, e limitei-me a apontar os básicos, mas serve para ter uma ideia da complexidade da análise aos números. 

Apesar de tudo que acabei de escrever, não resisti à tentação dos números. Aqui ficam alguns dados estatísticos de CR7 nas diferentes competições oficiais. Bem como a minha conclusão sobre os mesmos.

(clicar para aumentar)

Os dados estatísticos totais por equipa/selecção, dizem respeito apenas aos jogos que CR7 esteve presente no 11, quer como suplente utilizado, quer como titular.

Interessante verificar que o rácio dos golos/jogo aumenta com a quantidade de jogos da prova em questão. No campeonato, a maior prova, em que CR7 realizou 38 jogos, é a única prova onde o numero de golos por jogo é superior a 1. Perfeitamente natural, se pensarmos bem, facilmente concluímos que a probabilidade de fazer 1 hattrick é maior em 38 jogos do que em 10. Nas restantes provas ao serviço do Real Madrid, provas mais curtas, verificamos que esse rácio é em tudo muito semelhante ao rácio nas provas da Selecção Nacional. Mesmo analisando os números, feitas as contas, o rendimento na selecção não é assim tão diferente de no Real, com excepção ao campeonato pelos motivos que já apontei. E é esse mesmo campeonato que em termos globais provoca a maior diferença nos números totais entre clube e Selecção.

Não é só em termos individuais que temos de analisar os números de CR7, é também numa perspectiva de equipa. É a tal simbiose de que falei em cima. Mas vamos analisar apenas na perspectiva da equipa que ajuda o jogador, não falaremos do contrário. Se uma equipa marca muitos golos, é natural que os seus principais artilheiros acompanhem essa tendência. Logicamente o contrário também acontece, se a equipa marca poucos, os principais artilheiros marcam menos. É a lógica da batata dirão alguns, e com razão. Se o Real Madrid tem mecanismos de jogo, que lhe permitem golear jogo sim jogo não, é natural que CR7 apareça na cara do golo mais vezes, possa falhar golos mais vezes e mesmo assim marcar muitos. Analisando o rácio de golos por jogo do Real Madrid e, comparando com o mesmo rácio da selecção, verificamos tudo aquilo que expliquei acima. O Real Madrid marca uma média de 3.04 golos por jogo, e a selecção apenas 2.42, menos 0,6 golos por jogo. Feitas as contas o CR7 limita-se acompanhar essas estatísticas. Isto comprova-se facilmente analisando a percentagem de golos de CR7 no total de golos da equipa/selecção. Os números da tabela facilmente falam por si. Pelo Real Madrid CR7 é responsável por 35,33% dos golos da equipa. Na Selecção CR7 marca 34,48% dos golos. Falando com a frieza dos números como muitos gostam, CR7 é 0,85% menos rentável na Selecção Nacional.

Agora eu pergunto aos 4 gajos que leram o post até ao fim. A rentabilidade de CR7 na selecção é assim tão menor que no Real Madrid?

Parem com as criticas e vamos todos apoiar o melhor do Mundo, ou pelo menos o mais completo do Mundo, se para vocês o melhor é o mais tecnicista e não o mais completo.

Viva CR7. Viva Portugal.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Alemanha vs Grécia


O jogo mais simbólico do Euro 2012.

De um lado os Alemães, com um Frances a deseja-los na final. Do outro lado os Gregos com um treinador Português no banco.

A meu ver, só faltava mesmo a cereja no topo do bolo, o arbitro ser Irlandês!

*Para os mais distraídos, o Frances é o idiota do Platini.


quarta-feira, 20 de junho de 2012

O lapso...


Só faltou acrescentar, "por lapso entreguei ao departamento de contabilidade o NIB de Cardinal."

Pronto, ficam resolvidos 2 mistérios, o "zero" que auferiu no Sporting, e os milhares que Cardinal auferiu.

Mourinho, treinador medíocre... no FM!


A pergunta que se coloca é, "quem é este gajo?"

Confesso que o meu conhecimento de futebol é escasso. Consultei a Wikipédia e percebi porque não o conheço.

Tem 3 títulos na sua extensa carreira como treinador. Sempre em Itália. Campeão da Série C2 pelo Licata e campeão da Série B pelo Foggia e Pescara, sendo que este último na época transacta. 

Li algures na Wikipédia o seguinte, "...sempre actuando para divertir o público, através do 'jogo bonito',muitas vezes em detrimento do resultado da partida." A sério que isto está lá escrito.

Eu não sei que raio de público é o Italiano, mas se a minha equipa jogasse um "futebol bonito" mas perdesse sempre, eu não sei se me iria divertir muito. Outra coisa que também não consigo entender, é a definição de jogo bonito no campeonato do catenaccio e cinismo. Se há coisa que não abunda no futebol italiano é a beleza. Até os estádios (pelo que vejo na TV) são sombrios.

Já agora uma última questão. O Mourinho há 2 épocas, vamos para a 3ª, que deixou o campeonato Italiano, então porque raio veio este gajo com esta posta de pescada? Para mim, esta declaração, pode ser traduzida num "Hei, mundo do futebol, o Zeman está aqui, e é o novo treinador da Roma". 

Como diria o Trapattoni, Stronzo!

Rivalidade? Porto vs Benfica

Todos nós sabemos que a rivalidade é saudável, existe e sempre existirá. Apresento aqui a rivalidade entre um portista e um benfiquista...será que esta rivalidade é assim tão acentuada quando se trata de um jogo de Portugal??
Coca-cola mais uma vez no seu melhor!

terça-feira, 19 de junho de 2012

Corrupção envolve todos no Futebol.




É uma afirmação daquelas do género "O peixe vive no mar". Não é recente e talvez tenha a mesma idade da profissão mais antiga do mundo.
Porque as Putas sempre existiram, também a corrupção no futebol ha-de sempre existir.

No futebol Português, nunca tivemos escassez desse ingrediente, lembrando casos como apito dourado,Vale e Azevedo e as suas façanhas, Caso Mateus, Boavista e Caso apito final sendo este um dos casos mais graves, quase ditando a extinção do Campeão Nacional 2000/2001. São casos do mais alto nível, mas toda a gente sabe que até nos escalões mais baixos esta teia mafiosa por lá anda.

Temos agora também no Sporting Clube de Portugal, o Caso Pereira Cristóvão. Como toda a gente está ciente, já se demitiu do cargo de Vice-Presidente e aos poucos vão aparecendo cada vez mais provas da sua culpabilidade.

Penas significativas é algo que tem de ser imposto pela justiça. Os bons nomes dos clubes tal como Sporting Clube de Portugal e benfica (o porto não conta pois estão contentes com a teia mafiosa que por lá anda) são manchados e associados a tais indivíduos que tentam por todos os meios ter beneficio próprio ou mesmo Honra e Glória "comprada".

Fico triste como adepto de futebol, fico revoltado com esta justiça desportiva inexistente. Limitem-se a jogar futebol, porque para nós adeptos, essa é a verdadeira essência.

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Portugal nos Quartos mas sem a Paula





Desde que acabou a época, e começamos a pensar no Euro, que colei em mim o rótulo de "Velho do Restelo" para este selecção Nacional.

Não acreditava que passassem a fase de grupos.

Temos uma selecção com excelentes jogadores, mas cheia de lacunas. Falta-nos um ponta de lança. Falta-nos um numero 10, apesar de termos 2 excelentes numero 8, falta-nos um numero 6 que consiga ganhar 1 bola dividida e falta-nos 1 defesa direito que valha mais que 3.5M. Além disto, só nos falta mais uma coisa, 10 suplentes há altura dos titulares, mas aqui já era pedir demais.

É por tudo aquilo que expus em cima, aliado ao facto de termos uma Alemanha com 7 finalistas e 2 semifinalistas da Champions, com 10 vitórias em 10 jogos da fase de qualificação, uma Holanda vice-campeã mundial, que na qualificação ganhou 9 dos 10 jogos, tendo perdido apenas o último quando já estava qualificada, e termos ficado no grupo de uma Dinamarca que na fase de qualificação nos empurrou para os Play-off, que faziam de mim um céptico quanto à continuidade na prova.

Não confundir a minha opinião com a minha vontade e apoio. Não acreditava, mas apoiei sempre. Sofri nos 3 jogos "quase", repito, "quase" como se fosse o meu Glorioso. Disse-o e repito, agora somos todos do mesmo clube, somos todos Portugal. Não vou deixar de ser critico, porque isso era falta de entusiasmo, mas apoiarei sempre.

Quanto ao post que o meu colega escreveu, concordo 100% com ele, excepto numa coisa, eu após o Portugal - Dinamarca defendi-o sempre, ou seja, "eu fui mesmo um dos que não o fez", crucifica-lo pois claro. Disse apenas que teve um jogo menos mau, mas isso foi evidente. Defendi-o nos cafés, e defendi-o no FaceBook.

Dito isto, e visto que passamos no "grupo da morte", agora tudo é possível. Não foi dizer que acredito que sejamos campeões, pois não acredito, e oxalá esteja errado, mas acredito que podemos chegar às meias. Vamos a eles PORTUGAL.

PORTUGAL vs Holanda - apenas um pensamento.





Fomos super críticos para com o Cristiano Ronaldo contra a Dinamarca. E provavelmente quem está a ler,está a pensar "Eu fui um dos que não o fez!", mas meu caro, houve uma voz geral de descontentamento. Todos nós fazemos parte dele.

É lógico que queremos ganhar este Europeu, é lógico que ter o melhor do mundo e ele não estar nos seus melhores dias nos faça ficar passados do juízo. Na mesma os três pontos foram nossos. Não há necessidade de andar a massacrar as nossas estrelas. Mas é certo que somos humanos, tal como os nossos jogadores.

Eu vibrei com a nossa equipa das Quinas onde mostrámos um grande nível contra uma Holanda que saiu deste Europeu com zero pontos. Ficámos revoltados com o melhor do mundo por um jogo menos bom contra a Dinamarca, agora imaginem os adeptos Holandeses que tem jogadores como Mathijsen, Afellay, Van Bommel, Nigel de Jong, Sneijder, Van der Vaart, Huntelaar, Van Persie, Robben e claro SCHAARS!

Temos uma boa equipa neste Europeu, e vamos apoiar TODOS os jogadores!
Força Portugal!! Temos agora um "Ceske Trdlo" para devorar!

sábado, 16 de junho de 2012

Os Gregos e o Euro


- A Grécia corre o risco de sair do Euro, mas mesmo apertadinha lá se vai mantendo na moeda única. 

- A Grécia corre o risco de sair do Euro, mas mesmo apertadinha lá se vai mantendo na Polónia/Ucrânia.

- Quando o Euro parece não querer nada com os Gregos, e os Gregos nada com o Euro, lá se vão eles mantendo.

Falando só de futebol, - e até parece que falei de outra coisa - onde é que já vimos este filme?
        - Defender, defender e defender;
        - Um ataque/contra-ataque e golo; 
        - Defender, defender e defender;
        - Apito final.

... e passa a Grécia!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Ainda o Polvo Paulo...



Ok. O polvo falhou, mas como mostra a imagem, pode apenas ter um dia menos bom, tal e qual o CR7.

Vamos esclarecer este sistema. Se bem compreendi, é colocada comida em 2 caixas de plástico, cada uma com a bandeira de um dos países, e aquela que o polvo escolher primeiro, ditará o vencedor.

A minha dúvida é... que faz o Paulo em caso de empate?

Entra em Greve de Fome?

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Portugal vs Dinamarca - Breve Análise



- Antes de mais, umas palavrinhas ao Paulo, o polvo, vai p'ró C@R@LHO!

- CR7. Atípico. Não anda bem psicologicamente, e isso nota-se em campo. Demasiada ansiedade em fazer um bom Europeu para ser o "Melhor do Mundo". Já sei que o vão crucificar, e em parte isso também contribui para o que se passou hoje na segunda parte.

- Postiga. Bom golo. Foi uma finalização mais difícil do que parece. Não foi só encostar como muitos pensam. Soube picar a bola para evitar um eventual toque. Não gosto dele, mas confesso que é esforçado, como ainda hoje me diziam. É importante no desgaste à defesa adversária. Vai a todas. Falha quase todas.

- Coentrão. Muitos, os não Benfiquistas, crucificam-no sempre na selecção. Ou porque isto, ou porque aquilo, não interessa, para muitos joga sempre mal. Eu penso diferente. Foi o melhor em campo contra a Alemanha. Faz o corredor todo, ataca e defende. Raramente tem ajuda naquele flanco. Hoje, no segundo golo da Dinamarca, muitos o vão crucificar. Mais uma vez, eu não vou (explicarei mais à frente). É dos jogadores que mais corre, e aos 90' ainda teve forças para subir todo o flanco e... cruzar para golo.

- Nani. Dos melhores em campo. Desequilibrou, e fez passes de meio-golo. Uns deram em golo, outros em falhanços incríveis.

- Pepe. Palavras para quê. Quando o cérebro não lhe pára, consegue ser dos melhores do mundo na sua posição.

- Paulo Bento. Esteve no melhor e no pior. Soube encontrar o sistema certo para defrontar esta Dinamarca. Sistema esse que só não foi perfeito, porque CR7 decidiu dar emoção ao jogo. Esteve mal na leitura de jogo na segunda parte. Não tanto nas substituições que efectuou. Mas sim na que não efectuou. A entrada de Custódio para o lugar de um dos médios mais avançados (Meireles por ter amarelo) poderia ter ocorrido. Mal também na forma como não leu o que se estava a passar a determinada altura do jogo. CR7 a descurar por completo na atitude defensiva, e Coentrão sucessivamente "comido" pelo lateral dinamarquês que entrava sempre sozinho, enquanto era atraído pelo extremo acabadinho de entrar nos primeiros minutos da segunda parte. E quando tentava ir ao encontro do defesa, ou já era tarde (e saía cruzamento, o golo), ou era "comido" em tabelinha com o extremo que acabara de deixar para ir à suposta "dobra".

Não falo de todos porque senão não saía daqui.

Rezemos então, por uma vitória da Alemanha.

Polvo Paulo - O Traidor?



Ao que parece a moda dos polvos veio para ficar. Primeiro tivemos um polvo Alemão, o Paul. Agora temos um polvo Português, o Paulo. 

Se o polvo Alemão fez a vida negra a Portugal no Mundial 2010, tal até era espectavel, afinal de contas o polvo era Alemão. Tal e qual a Sra. Merckel faz com o nosso País. Mas o Paulo? quer dizer, bem vistas as coisas o polvo está a ir pela mesma linha de raciocinio dos restantes Portugueses, que é não acreditar neste grupo de trabalho. No entanto, e a meu ver, o Paulo não é um comum Português, e sabendo da sua posição na sociedade Portuguesa - a olhar pela importancia que os meios de comunicação lhe dão - deveria ser mais comedido nas suas "escolhas". Da minha parte declaro então, guerra ao Paulo, o traidor.

Da primeira vez que ouvi, neste Europeu, que havia um polvo na cidade do Porto, que desejava má sorte a Portugal, nem liguei á noticia. Afinal de contas, no Euro 2004 tinha acontecido o mesmo e chegamos à final. Depois é que me apercebi que não estávamos a falar de Pinto da Costa.

Ele há coisas mesmo engraçadas, ou não!

PORTUGAL vs denmark




Portanto hoje é dia de tudo ou nada.

Portugal deve, e repito, deve fazer das tripas coração! Embora seja um grupo difícil, e talvez inesperado com a própria Dinamarca a vencer no primeiro jogo a Holanda, temos que nos mentalizar que não temos uma má equipa, e conseguimos superar equipas de topo.

Paulo Bento já afirmou que Postiga, será titular. Talvez foi uma resposta de momento, pelo jornalista estar a bombardear Postiga pela falta de golos(já nem me lembro a última vez que marcou pela Selecção) e se seria titular. Por mim acho que é uma boa escolha, e se não for Postiga, que metam o sangue novo lá para dentro, Nelson Oliveira.

A hora não é muito conveniente para visualizar o jogo, mas acredito que quem se interessa pela nossa Selecção arranjá um jeito, nem que seja pelo rádio ao bolso, ou a desculpa ao patrão para ir à casa de banho para dar uma escapadinha para saber o resultado.

Confesso que ando chateado com o Polvo Paulo (primo do lendário), o gajo anda sempre com más previsões para nós, espero bem que ele esteja enganado sobre o vitorioso de hoje. Se não, espero bem que alguém se engane a pôr comida e ponha veneno ao invés.


Todos unidos pela nossa Selecção, unidos com fé que teremos a nossa vitória hoje contra os Danish Boys!


FORÇA CARAY, VAMOS A ELES! POOOOORTUGAAAAAL!

segunda-feira, 11 de junho de 2012

O tal caso Bicudo




Hoje não vou falar das excelentes contratações que andam a rondar pelo lado do lampioso, é no entanto bom ver que andam a fazer uma boa equipa B para o ano que vem.

Trago portanto o caso Adrien Silva, esse jogador que como muitos outros, foi emprestado para ganhar a experiência necessária para poder estar ao nível de uma equipa de topo, como é o caso do Sporting Clube de Portugal. Temos por exemplo Carlos Martins que após desavenças com Paulo Bento (na altura) saiu e deu frutos no lampioso.

Tal como Carlos Martins, sempre acreditei(e acredito) que Adrien, seria uma boa promessa para o nosso futebol. Este ano foi o seu "rebentamento" se é que podemos assim o dizer, fazendo uma época brilhante ao serviço da Académica, conquistando inclusive a Taça de Portugal.

De polémicas estamos todos habituados, como por exemplo o caso Ruben Amorim vs Jesus Camone. O facto é que Adrien é jogador do Sporting clube de Portugal, tal como Ruben Amorim é do benfica, e penso que os jornais querem vender "o peixe" bem aproveitado lançando polémicas com renovações ou mesmo com contradições de declarações.

Na minha opinião, é jogador que deve ficar. Já André Santos vai emprestado (pelo que parece) ao Deportivo da Corunha, e tendo pouca sorte como temos tido com Fito Rinaudo, Adrien é uma "cartada" mais que viável para essa posição. Digo isto com a esperança que Sá Pinto deixe de parte a teimosia de pôr Carriço nessa posição.

O pior dos casos é acontecer como aconteceu com Carlos Martins, ir parar ao lampioso, ser emprestado para Espanha e depois querer ficar por lá.

domingo, 10 de junho de 2012

Quase que os comemos...



Talvez ficou um pouco de frustração no fim do jogo entre Alemanha e Portugal. Em questão de merecer ou não a vitória, Portugal deveria talvez, ter sofrido um golo mais cedo. Isto porque só arrebitaram quando viram que faltava cerca de quinze minutos e estavam a perder por uma bola.

Surpreenderam-me sim senhor. Quando fui ver o jogo entre Portugal e Turquia no estádio lampioso, fiquei com muita má impressão da Selecção, embora sempre no apoio, é claro. A falta de um ponta de lança matador na frente do ataque é uma fraqueza acentuada muito me engano, é um grande problema no momento actual e de futuro. Gostei de Paulo Bento ter apostado em Nelson Oliveira contra os germânicos, faz falta sangue novo naquela frente.

Embora goste do João Pereira, notou-se claramente que teve muitas dificuldades no lado direito da defesa, no entanto, penso que fez a sua função. Rui Patrício, seguro na exibição, e o golo indefensável não lhe retirou mérito. Cristiano Ronaldo não aproveita os seus remates poderosos, não o fez contra a Turquia e também não houve muito espaço para o fazer contra os alemães. É curioso que as minhas orações foram tão bem recebidas pelo Santíssimo que Hugo Almeida nem entrou, e ao que parece está gripado. Boa Prestação de Miguel Veloso e Pepe (o nosso naturalizado), e Bruno Alves que também mostrou muita segurança. Azar...penso que que nos faltou uma pitada de sorte.

Os Alemães estavam convictos que iriam ter um jogo fácil, mas com uma primeira parte equilibrada e uma segunda parte em que entramos mais fortes, conseguimos demonstrar uma equipa com valor, piaram baixinho. Mesmo assim, temos um grupo complicado, Dinamarca venceu a Holanda, o que nos obriga a vencer sem margem de manobra a mesma Dinamarca.

Não deixa de ser assustador ver Selecções como Rússia, Itália e Espanha, dá que pensar se enfrentamos essas equipas. Não é por nada mas que estão a jogar muito, lá isso estão.

Quarta-feira que vem vamos gritar todos juntos pela nossa Selecção! Precisamos de ganhar esse jogo! Bora lá equipa!

sábado, 9 de junho de 2012

PORTUGAL vs Alemanha!

Já rezei ao santíssimo para o Hugo Almeida conseguir acertar pelo menos uma vez na bola hoje!
VAMOS LÁ PORTUGAL!!

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Silly Season no Benfica

(clicar para aumentar)

Um dos nossos 4 leitores, a propósito do meu post sobre a falta de inspiração, aconselhou-me abordar este tema. Coisa que farei de bom grado, mas em poucas palavras. Embora sem deixar nenhum jogador de fora.

Já chegaram ao porto de Leixões as contratações noticiadas pelos jornais em legenda na imagem. Antes de chegarem a Lisboa fazem uma breve paragem no dito porto. Aqui é feita uma triagem pelo Pinto da Costa, de onde são seleccionados um ou outro jogador, que já desembarcam neste porto. Depois, os mesmos jornais, noticiam o suposto desvio.

E pronto. Está resumida a Silly Season do Sport Lisboa e Benfica.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Hugo Vieira


O recente reforço do Benfica para a nova temporada, em declarações à BenficaTV, disse que iria evoluir muito com o Jorge.

A minha dúvida é, "terá o Jorge pedalada para se distribuir entre a equipa principal e a equipa B?". É que estes 2 últimos anos vieram provar exactamente o contrário, falta de pedalada. Ou então o Hugo sabe mais que nós, e o mister Jorge vai continuar no Benfica mas só ao comando da equipa B.

Reconheço qualidade no Hugo. Mas será ele capaz de ganhar 1 lugar entre os 1846 avançados do Benfica para a próxima época?

É tudo uma questão de inspiração

A minha inspiração para escrever no blog, é semelhante à de Portugal para jogar futebol.