sábado, 2 de abril de 2016

Benfica vs Bragcelona.

- Ontem, o Eterno Rival viu ser marcado um pénalti contra o Benfica, ao mesmo tempo que mostravamos um cartão vermelho ao Braga. #VoucherCortesia

- Lá diz o ditado, não se pode agradar a Gregos e Troianos. Enquanto os Gregos do Benfica eram homens felizes em campo com 3 batatinhas lá dentro, cá fora eram só Troianos infelizes com o pénalti da vergonha aos 5-0.

- Aquele equipamento verde/amarelo reflector que o Braga usou, fez-me lembrar um alternativo do Barcelona. E porque nas palavras do Paulo Fonseca, dá para perceber que são o  Barcelona cá da casa, então o jogo contra o Bayern pode ser mais desequilibrado a nosso favor, do que o meu primeiro pensamento antevia.

- Pizzi. Eliseu. Renato Sanches. André Almeida. Nelson Semedo. São 5 portugueses que participaram ontem no desfile de talentos, mas que infelizmente não têm qualidade para jogar ao lado dos craques do eterno rival na selecção nacional.

- Depois de 6 anos em que um gajo sozinho, do banco de suplentes, com uma pastilha na boca, e às vezes na mão em alternância, limpava tudo, e quando não limpava era porque os jogadores atrapalhavam, confesso que agora me faz confusão esta coisa das vitórias serem mérito dos jogadores.

2 comentários:

roleta online betclic disse...

O mérito não é só dos jogadores, mas também o é. Dar mérito a todos faz parte de uma mentalidade que põe a equipa à frente dos egos individuais, algo que o Benfica actualmente faz!

Germano Bettencourt disse...

A ideia era mesmo transmitir isso.

Rumo ao 35