quinta-feira, 21 de novembro de 2013

"Eu e tu temos de falar"

Também eu, não encontro problema nenhum, em um dirigente se dirigir a um arbitro assim, ou então...




...perfeitamente normal!

2 comentários:

Anónimo disse...

realmente é mesmo macarico... já devia de ter aprendido que nao é assim que se faz...é mais através de telefonemas e frutinhas...ah e tal esse pode ser...
agora á frente de toda a gente?? ainda tem muito de aprender com os big bois...

Germano Bettencourt disse...

Acho que o LFV, que não é santo nenhum, esteve mal, deveria ter chutado logo para canto. Mas verdade seja dita, foi o Valentim que lhe telefonou, e avisou logo que já tinha ligado ao presidente do Belenenses, que por acaso corroborou a história. Ou seja, perante o Valentim dizer que era procedimento natural na taça, o FV deveria ter respondido que qualquer um lhe servia, mas como não é santo nenhum, antes pelo contrário, engoliu o anzol.

Isto para te dizer, que não podes estar a tentar compara essa escuta com as do apito dourado. Se bem me lembro, até o presidente do Sporting na altura, disse ter recebido o mesmo tipo de telefonema.

Mas mesmo não sendo correcto, por "eu" ter feito algo que não está certo, "tu" tenhas justificação para fazer igual. Não se lava um erro com um erro.