quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Clássico


É já amanha o tão aguardado jogo. Aproveito para escrever hoje sobre o assunto, pois amanha as mãos tremerão demais para conseguir teclar direito. Parvoíce dirão uns, completamente compreensível dirão outros. Pessoalmente curto mais os segundos, pois são apaixonados como eu pelo seu clube.

O dia do clássico é sempre o dia em que acordamos de manha com o despertador, e em vez de pensar, "bolas, já!", pensamos, "É hoje". Tudo começa assim, depois, com o aproximar do jogo, lá vem o tal nervosismo miudinho que tentamos disfarçar e que tem o seu auge no apito inicial. Depois, bem... depois tudo depende do jogo.

Não me venham dizer que é só mais um jogo. Não aceito. É o dia que vamos jogar ao mercado. Não fossem eles o clube da fruta (até vão buscar fruta podre a Alvalade). Estamos a falar de um rival, e pior, de um mercado onde a estatística dos últimos anos é de fazer suar no dia dos jogos.

Aproveito para deixar o meu 11. Não sou um teórico do futebol. Não percebo nada de táctica. Se querem aprender alguma coisa, então esqueçam, enganaram-se na sala.



Decidi colocar o Golito em vez de Amorim por 2 razões, primeira porque o Golito também consegue cumprir bem com missões mais defensivas, depois, porque complementa muito melhor as missões ofensivas, não fosse ele o Golito. Colocar o Amorim seria dar demasiada importância ao Super Herói.

Chamem-lhe o que quiserem, 4-5-1 ou qualquer uma das suas variantes 4-1-4-1 e 4-2-3-1. A disposição dos pontinhos vermelhos a meio-campo não é rígida, é assim que quero o Benfica quando ataca, com 5 homens, mas se quiserem recuar o pontinho do Witsel é convosco. Apenas não quero dar uma imagem demasiado cautelosa.

Que seja um bom jogo e que ganhe o melhor, desde que o melhor seja o Benfica.

PS: Entretanto acabo de ouvir Jesus, e diz ele que o Hulk não terá tratamento especial. Ainda bem, é que da última vez que lá fomos teve, estenderam-lhe a passadeira vermelha.

PS1: Este é também o clássico em que os Sportinguistas pensam que ficam a ganhar seja qual for o resultado. Não podiam estar mais enganados.

4 comentários:

Anónimo disse...

O onze obvio e concordo. Mas o Matic descaido na esquerda como primeiro obstaculo a Hulk nao seria ma ideia. O nolito defende mas por obrigacao nao por natureza. Axo k deviamos travar o Hulk,nao com um central adaptado a defesa esquerdo pk isso e suicida. lembras te do Peixoto o ano passado descaido ha esquerda? Ganhamos 2-0 no Dragao!!!!

Bettencourt disse...

Mas colocar o Matic à esquerda não sei se seria um erro. A meu ver seria uma adaptação à JJ. Como aquela de colocar um 3ºCentral a defesa esquerdo com medo do Hulk.

Por um lado mostras receio, por outro, tratando-se de uma adaptação, a probabilidade de as coisas correrem mal parece-me maior.

Sou sempre apologista de mudança de sistema táctico consoante o adversário, mas nunca adepto das adaptações desse estilo.

Jogar dentro do nosso estilo trocando só jogadores sem adaptar parece-me o mais correcto.

Vítor Marcelino disse...

O Capdevilla? Pensei que o ias meter no 11...

Bettencourt disse...

Nos ultimos 2 jogos o Emerson tem cumprido. Mas confesso que gostaria de ver o Cap um dia em acção.