quinta-feira, 22 de setembro de 2011

O grito!

Sinceramente o "americano" surpreendeu-me, eu que nem gosto de centrais muito altos porque me lembro sempre do Super Liédson a "comer" o Luisão em cabeceamentos. Jogo muito renhido entre um Sporting demolidor...nos primeiros cinco minutos... e uma segunda parte forte para fracos de coração.

Esses fracos do coração só podem ser os benfas e os azules que estão sempre à espera do fracasso da equipa verde que está em ascensão. Confesso que algumas dificuldades ainda estão por resolver como a troca de bola e mais posse de bola consistente. A equipa vai lá...nem que nos últimos minutos apareça o "papa americano" e dê o grito de leão!!!

1 comentário:

Bettencourt disse...

Olha... foste escolher 2 tipos com juba...