domingo, 18 de dezembro de 2011

Académica - Sporting (Breves)


- Vivi 6 anos em Coimbra. Este é também o meu clube. Sou sócio. Não pagante, mas sócio.

- Sinto que perdi 2 pontos. 

- Vejam como a SportTV é criteriosa na análise aos lances. Duas rectas são paralelas quando prolongadas não têm um ponto em comum. Numa imagem deste tipo, é normal as rectas não parecerem paralelas, pois junto à câmara o espaço entre as duas rectas vai sempre parecer maior (ilusão de óptica). Um pouco como quem olha uma estrada de frente, dá a sensação que a estrada ao fundo afunila, apesar de as bermas serem paralelas. Agora atentem na imagem, acontece exactamente o oposto. Mais distantes (as duas rectas) ao fundo, mais próximas junto à câmara (olho). Incrível como assim se coloca um jogador em fora de jogo. 

- Novamente a 6 pontos do líder. Sporting cada vez mais igual a si próprio. 

- Mais uns pozinhos de tempo extra, e poderíamos ter uma terceira parte, à imagem do futebol de praia.

- Gosto do Éderzito. É jogador. Força e técnica.

- Gosto do Habib. Que Força, que raça. Trabalhado tacticamente e, dava um bom  substituto para o Javi.

- Quando a alternativa do banco se chama Evaldo, está tudo dito sobre a qualidade desse banco.

- Nos bancos, dois bons treinadores. Dois ex-jogadores do Porto.

- Como dizem os meus amigos Sportinguistas, "hei, o Sporting ainda está em todas as frentes". LOL

2 comentários:

Anónimo disse...

O Eder parece ser bom, mas gostava de o ver num grande para poder afirmar k ele e realmente bom.

Axo k temos um bom substituto ao javi no Nuno Coelho do Beira Mar. O Mtic e mais substituto do Witsel do k o Javi Garcia.

O Pedro Emanuel ainda nao provou nada. Calma.

Germano Bettencourt disse...

Sei que o Pedro Emanuel ainda nada provou, mas olho para a académica e vejo um espremer da laranja que ele tem nas mãos. Sabe olhar para os seus jogadores e potenciar as suas qualidades. Sabe definir uma estratégia baseando-se no seu plantel, e não o contrário como a maioria dos treinadores.

Não vejo no Nuno Coelho um substituto ao Javi. São jogadores diferentes. Já o Habib tem características físicas, e no seu futebol, que me fazem lembrar o Javi.

Mas é como tudo. Num clube pequeno é uma coisa, num grande clube é outra. Só uns conseguem manter o patamar qdo dão o salto.

Abraço