quinta-feira, 23 de maio de 2013

A sangue frio

Pelo que se especula nos jornais, o Sporting pode, mais uma vez, e para não variar, acabar enrabado pelo Porto.

Como? Simples. Moutinho tem uma cláusula de 25% de mais valias para o Sporting, para o montante superior a 11M com que o Porto pagou por ele. Na prática isso significa que numa venda do Moutinho por 21M, o Sporting terá direito a 2.5M correspondentes a 25% de 10M (valor acima da venda do Sporting).

O Porto prepara-se por sua vez, para vender Moutinho e James em PACK para o Mónaco por volta dos 70M. Ora, não sendo eu um especialista em Direito, acho, e acham os jornais também, que o Porto pode alegar a venda de James por 59M e a de Moutinho por 11M. Segundo os jornais, ainda podem incluir jogadores em torna, diminuindo o valor da compra do passe de Moutinho. Um cenário destes deixaria o Sporting a… chuchar no dedo enquanto a sua retaguarda é violentada.

Vá. Vão festejar os golos do Porto contra o Benfica. Vão para o Marquês festejar as derrotas do Benfica. Dizem que quem corre por gosto não cansa. Se é disto que o Sporting gosta, então força. O máximo que posso fazer, é arranjar a alguns amigos Sportinguistas uns tubinhos de vaselina. Ou então vai mesmo a sangue frio.

Tenho pena de alguns Sportinguistas. Mas existem lagartos que merecem. Ai merecem, merecem!!!

3 comentários:

Observador disse...

James e Moutinho já têm contrato com o Mónaco.

O Sporting não se preparava para tentar negociar com Rolando?
Se Pinto da Costa deixar, bem entendido.

O barrete que o Sporting enfiou com a história do Moutinho fará com que os seus dirigentes abram os olhos ou nem por isso?

Germano Bettencourt disse...

Observador, acho que o Bruno de Carvalho, é capaz de não ser seguidista do projecto Roquete. Digo eu. E assim o espero. A questão que coloco é, será fácil mudar os restantes Sportinguistas e Lagartos? Nao sei. Espero para ver.

Observador disse...

Bruno vai tentar fugir ao 'seguidismo'.
Duvido que consiga, por muito boa vontade que tenha.

Não será nada fácil mudar as mentalidades. Os adeptos querem vitórias a qualquer preço.
E esquecem-se que um clube não é apenas futebol.