domingo, 8 de janeiro de 2012

Olhar lá do alto após o Leiria vs Benfica


E ao 14º jogo do campeonato, lá estamos nós, sozinhos lá em cima. Foi realmente uma linda jornada, mas que poderia ter sido muito melhor, caso o nosso rival cá do poiso tivesse feito o seu trabalhinho de casa, vencer ao Porto. Contudo, é preciso salientar, que não só estamos pontualmente isolados no primeiro lugar, como nesta mesma jornada, nos conseguimos tornar na equipa mais eficaz do campeonato, com mais 2 golos que o Porto, tantos quantos os pontos.

Falando do jogo. 
- Detesto ver futebol na TVi. É tão mau, mas tão mau, que acabo por ser um burro por não desligar o som. E pelo meio ouço, que o programa deles ao Domingo à noite ganha prémios? Mas que prémios? Existe uma espécie de Bidão de Ouro para as Televisões? Só pode.

- Um Leiria que entrou em campo determinado a dificultar a tarefa ao Benfica, e quase conseguia marcar por intermédio da mais recente contratação encarnada, Djaniny. O tal que jogou no meu Velense. Mas logo o Benfica marcou um golo, num grande remate do Gordo. Mas ainda durante a primeira parte este Leiria foi muito possante. Não foi fácil.

- O Gordo voltou a fazer um bom jogo. Já tinha saudades deste gordo. Aquele passe de calcanhar pelo ar é muito bom. É a beleza do futebol.

- O Cardozo é isto. Num minuto estou a desejar que alguém lhe sodomize o sítio, no minuto seguinte estou a gritar de amor por ele. Mas que tiro.

- Rodrigo marcou mais 2. Viram o toque de classe a desviar a bola no seu primeiro golo? Muito bom, perfeito mesmo.

- Tenho pena que o Djaniny não tenha marcado um golo..

- Ai. Este Artur é um descanso. E mais não digo.

- Continuamos a jogar só com 10. Temos um buraco negro no lado esquerdo da defesa.

- Adoro chocolate belga.

- O SuperMaxi voltou a ser tractor. 

- O Leiria não pintou a relva de verde. Mas a relva era verde na mesma.

- Ao meu colega de blog, 8 pontos.

2 comentários:

Dylan disse...

Não seja mauzinho. O Emerson até deu uns toques!:)

Germano Bettencourt disse...

lol...

Não foi dos seus piores jogos, não senhor.

Mas sabes, qdo embirramos com um gajo, conseguimos sempre descortinar e nunca perdoar os seus erros.

Contudo é de salientar a entrega dele ao jogo. É deveras profissional.